Maurício Felberg, freqüentador de Itamambuca desde o início dos anos 80

Contribuo com a SAI porque considero o mínimo que qualquer proprietário de casa no loteamento deve fazer, ante aos bons serviços por ela prestados, cada vez mais evidentes (vigilância, limpeza, bons e atenciosos funcionários, atuação diligente junto a Municipalidade, etc...); por essas razões, mais do que um dever jurídico, acredito que é uma obrigação ética, cívica e moral contribuir (já que me beneficio e tenho meu imóvel valorizado)
5.0
2018-06-05T16:52:49-03:00